terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Videogames e cacoetes

Alguém já notou que algumas pessoas têm cacoetes quando jogam fliperama ou videogames? É engraçado ver que alguns chamam a atenção. Vamos a eles.

Quando criança, um amigo meu só conseguia jogar se ficasse de língua de fora. Não havia jeito dele segurar aquela careta. Ao se encontrar em uma situação de perigo no jogo (qualquer que fosse), ele abria a boca como se fosse dar um grito e chegava perto de fechar os olhos. Somente eu havia reparado nisso porque quando eu via um jogador hábil, eu costumava olhar toda a postura dele: maneira de apertar os botões (ou seja, sem autofire), poder de observação e reflexos, principalmente em shooters. Eu ri tanto que  passei mal ao vê-lo sofrer na mão dos chefes dos games, mas eu era discreto. Três caras notaram a mesma coisa e choraram de rir. Riram ALTO MESMO! O meu amigo, que na época ainda não o era, ficou bem mal com aquilo, mas nunca largou o cacoete.

Muita gente quando jogava Sonic levantava o controle, como se o personagem fosse pular mais alto ao fazer aquilo. Era um festival de molecada levantando os controles para cima. Já imaginaram se eles largassem os joysticks ao realizar aquele movimento? Seria um prejuízo e tanto, né?

Algumas pessoas gostam de conversar com o jogo, chamando-o de "jogo mentiroso" ou de ladrão, corno, bandido... É complicado, eu as vezes faço isso quando ocorre uma morte bem imbecil ou quando o game rouba muito.

Já vi pessoas que piscam intermitantemente, mas bem rápido mesmo. Outros jogadores que ficam tremendo o queixo e outros que ficam com caras impagáveis. Cada um tem o seu estilo e todos fazem ou fizeram parte do incrívei mundo dos videogames. Já me diverti muito vendo aquelas caras, HAHAHA.

Brincadeiras à parte, se alguém estiver lendo isso e quiser ajuda por achar que tem tics muito sérios, recomendo este site:

CLIC NERVOSO

Nenhum comentário:

Postar um comentário